Para uma página acessível prima Alt + 1 seguido de Enter.
Parcerias

A Câmara Municipal de Valongo, no âmbito da sua estratégia de valorização ambiental integrada do Concelho, tem investido em projectos inovadores, bem estruturados e com resultados concretos no terreno. O sucesso desta missão em prol da sustentabilidade deve-se também às parcerias que têm sido estabelecidas com entidades externas e que constituem excelentes exemplos de congregação de esforços pelo ambiente.

O primeiro bom exemplo desta confluência de interesses e competências verificou-se no projecto que conduziu à criação do Parque Paleozóico de Valongo. No âmbito desse projecto, estabeleceu-se em 1995 uma parceria com a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, nomeadamente com o Centro de Geologia/Departamento de Geologia, tendo-se contado também com apoio nas áreas da zoologia e botânica. Vários estudos, levantamentos, pareceres e publicações foram elaborados, percursos pedestres definidos e um centro interpretativo implementado. O êxito desta colaboração resultou na continuidade da parceria até à data, através do Centro de Geologia da Universidade do Porto, sendo de destacar actualmente a elaboração de pareceres científicos e técnicos, acções de formação, divulgação científica e didáctica do património geológico e o acompanhamento científico das visitas guiadas no âmbito da geologia.

Em 1999 encetou-se um novo projecto e uma nova parceria. “Conservação de 4 espécies raras” teve a colaboração do agora intitulado CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto. Tal como na primeira experiência, a excelente complementaridade entre as partes levou a que se desse continuidade à colaboração após conclusão do projecto, mantendo-se o apoio a nível de pareceres científicos e acompanhamento das visitas de biologia.

Para a constituição e gestão da equipa de Sapadores Florestais estabeleceu-se em 2002 um protocolo com a Portucalea - Associação Florestal do Grande Porto, que se prevê manter.

O Alto Relevo - Clube de Montanhismo colabora desde 2004 na dinamização do Centro de Interpretação Ambiental, entre outras actividades pontuais nas Serras.

No âmbito da dinamização do Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental, estabeleceu-se em 2006 um protocolo com a Ordem dos Biólogos com o objectivo de desenvolver acções de formação para professores.

Destaca-se o protocolo de parceria estabelecido no âmbito do projecto “Corrente Rio Leça”. Este processo inovador de despoluição do rio Leça em Valongo baseia-se na colaboração integrada entre diversos parceiros e na participação pública, desenrola-se de 2007 a 2009 e contempla a colaboração entre entidades com competências tão diferentes como a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional-Norte, Veolia Agua- Águas de Valongo, Juntas de Freguesia de Alfena e Ermesinde, Faculdades de Ciências e Engenharia da Universidade do Porto, Lipor, Deco, Quercus e Amileça.

Em 2009 foi assinado o protocolo com vista à implementação do "Corrente Rio Ferreira", um projecto que abrange os quatro municípios da bacia desta linha de água, envolvendo em parceria um total de 37 entidades.

Pesquisa do site

 

Ligação ao Website da 

Câmara Municipal de Valongo (nova janela)Ligação do Parque Paleozóico Ligação ao Website do 

Roteiro de Minas (nova janela) 100 mil rvores Stios AMP Informacao transporte para Valongo Testemunhos dos muncipes Ligação a uma 

versão do site mais acessível



Nº de Visitas Diferentes:

 

Câmara Municipal de Valongo - Todos os Direitos Reservados - 2008

 

Gestão de Conteúdos: Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental

Autoria e Imagem: Eng. João Moutinho

Powered by Exponent

 

cmia@cm-valongo.pt